Lua de Mel: Chegou o Grande Dia! por Gilmara Moura

A noite de núpcias é a mais aguardada pelo casal. Afinal, foram meses de preparação para o casamento e, por isso, após a emoção do casório e da animação da festa, a primeira noite oficial como marido e mulher é, sem dúvida, a mais especial.

16092014-_MG_7700-Editar

Por isso, vale muito a pena investir na viagem de lua de mel. Serão momentos que ficarão guardados para sempre. E, durante esses dias à sós, nada pode dar errado. Desde a escolha do destino, cuidados importantes, até o que levar na mala. É preciso pensar em tudo.

DESTINO

Se a ideia é um lugar exótico, com beleza exuberante e privacidade absoluta, os destinos internacionais preferidos pelos casais que querem uma lua de mel inesquecível são Tailândia, Ilhas Mauricio, Dubai e Ilhas Maldivas. Mas, de acordo com Cacilda Aragão, proprietária da Cacilda Viagens, os destinos mais tradicionais nunca perdem o “reinado”. “Paris, Amsterdam, Itália e Grécia continuam sendo muito procurados”, ressalta.

Caso o casal disponha de menos tempo para curtir a viagem, Carol Dias, proprietária da TZ Viagens, dá a dica. “O Nannai, em Porto de Galinhas, com um bom custo-benefício, o Tivoli, na Praia do Forte, e os resorts em geral”, indica. Ainda segundo Carol, Gramado também entra na lista dos destinos nacionais queridinhos dos recém-casados, sobretudo, pelo romantismo.

ORÇAMENTO

Nada de desculpas. Mesmo que o orçamento esteja apertado, é possível, sim, desfrutar da tão sonhada viagem de lua de mel. Basta, para isso, um pouco de planejamento. Segundo Giuliano Guedes, supervisor de Marketing da Propagtur, quanto mais cara for a viagem, mais tempo de planejamento será necessário.

“Depois de escolher o destino, o casal pode fazer uma poupança diretamente com a agência e ir pagando aos poucos. Além disso, temos o sistema de cotas, onde os convidados presenteiam os noivos com valores que serão destinados para a lua de mel”, detalha. De acordo com Cacilda Aragão, ultimamente, o sistema de cotas é, sem dúvida, uma das opções mais aderidas pelos casais. Portanto, você tanto pode quanto merece e deve ter uma lua de mel inesquecível.

HOTEL

A escolha do hotel também requer uma atenção especial. Porque, para eles, casal em lua de mel são os hóspedes que mais merecem carinho. Suítes especiais, decoração romântica e mimos  tornam a noite de núpcias ainda mais extraordinária. Superar expectativas. Esse é o lema. “Temos suítes com hidromassagem e muitas surpresas. Mas não revelamos, senão perde o brilho”, diz, Isabella Dantas, do Hotel Aquários, envolta em suspense.

De acordo com a supervisora de reservas Rafaelle Oliveira, do Hotel Radisson, o casal em noite de núpcias recebe atenção especial, a começar pelo horário do check-in que, nesse caso, pode ser feito às 10h e o check-out que se estende até às 18h. “Temos quatro tipos de quartos. Os decoramos com pétalas de rosa e buquê de flores. Além disso, disponibilizamos roupões para uso do casal no apartamento e oferecemos frutas, chocolates finos e espumante ou vinho, a depender da preferência”, detalha Rafaelle. O café da manhã dos pombinhos é oferecido no próprio apartamento.

A MALA

O recheio da mala da viagem de lua de mel vai depender, sobretudo, do destino escolhido. Como roteiros que incluem praia geralmente são os mais visitados por casais apaixonados, roupas leves são as mais indicadas. Mas, atenção, noivinhas: não economizem nas lingeries. Independentemente se for calor ou frio, o momento reservado apenas para você e seu esposo tem que ter muito glamour e sensualidade.

O ideal é fazer a mala uma semana antes do casamento. Não esqueça os itens de higiene, remédios e um kit de costura pequeno, para consertos rápidos.

Na bolsa de mão coloque celular, documentos necessários, passagens aéreas, me­tade do dinheiro e cartões (a outra metade, guarde na carteira do seu marido), óculos escuros e uma nécessarie com  itens de higiene e maquiagem.

Não se esqueça de um adaptador universal de tomada e carregadores dos eletrônicos que você levará. Ah! E não precisa exagerar: uma bolsa pequena para passeios diurnos e outra para sair à noite.

CUIDADOS

Nada pode dar errado nessa viagem tão especial, certo? Mas, para que isso aconteça, algumas precauções simples farão muita diferença. Segundo Carol Dias, da TZ Viagens, a primeira coisa é pensar no clima do destino. “Se a pessoa não gosta de frio, não tem como ir para Paris no mês de janeiro”, exemplifica.

Outros dois pontos para analisar em seguida é a disponibilidade de dias para a viagem e o orçamento disponível. “Para passar 10 dias no Tahiti, por exemplo, o casal gastará entre R$10 mil a R$15 mil por pessoa”, calcula Carol.

Outros cuidados importantes permitirão que nada tire o encanto daquela que será a viagem mais lembrada pelo casal. Validade do passaporte, vacinas, voucher dos lugares que serão visitados e seguro obrigatório em alguns países são itens da lista.

“Por tudo isso, a assessoria de uma agência de viagens é imprescindível. Comprar tudo pela internet pode sair mais caro”, alerta Giuliano Guedes, da Propagtur.

No caso do passaporte, em três países da América do Sul não se faz necessário tê-lo. São eles: Argentina, Uruguai e Chile.

COMPRAS

Duas coisas são importantes quando o assunto é “gas­tar” durante a viagem. Uma é ir à casa de câmbio, trocar o real pela moeda do destino escolhido. Essa ação lhe trará mais segurança financeira e poupará de alguns gastos a mais. A outra é com relação ao cartão de crédito internacional. Ligue para o banco e avise sobre a viagem.

Ah! Detalhe importante: o tamanho que você veste aqui não é necessariamente igual a do destino visitado. Uma pesquisa prévia sobre os tamanhos de medidas de calçado e roupa de onde vai visitar evitará dor de cabeça futura.

Leave Your Reply